Voltar para home

Trabalho emprego

Custo do trabalho sobe na indústria 25% em 2 anos

Postado em 03/11/2013

Dado: “O custo do trabalho na indústria, indicador que considera o custo da produção em relação a salários e encargos, cresceu até 25,3% (em termos reais) no Brasil no acumulado de 2011 e 2012.”

“A perda de competitividade é maior na indústria têxtil, nas empresas de material de transporte e na de máquinas e equipamentos.”

“São esses os segmentos mais afetados pelo custo da mão de obra e consequente baixa produtividade, segundo estudo da gerência de economia e estatística da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), que pesquisou 15 segmentos da indústria de transformação.”

“A média de crescimento real do custo do trabalho nos segmentos estudados foi 11,3%. Oito deles registraram expansão acima da média. Somente 2 dos 15 ramos tiveram queda do custo --o de papel/gráfica e o de madeira.”

“Entre 2009 e 2010, período em que a produtividade do setor e o custo da hora trabalhada foram fortemente impactados pela crise mundial, o indicador caiu 0,14% na média dos mesmos 15 segmentos estudados.”

“Já no período de 2004 a 2008, pré-crise global, o custo do trabalho na indústria cresceu, em média, 3,29%.”

“O gasto com trabalho é um dos componentes do chamado custo Brasil, que, segundo a Firjan, encarece em de 22,6% a 30,9% os produtos fabricados pela indústria nacional de transformação.”

Veículo: Folha de S. Paulo

Título original: Custo do trabalho sobe na indústria 25% em 2 anos

Link: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/especial/136907-custo-do-trabalho-sobe-na-industria-25-em-2-anos.shtml

Data da matéria: 02/11/2013

Jornalista: Claudia Rolli

Fonte oficial: Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan)

Palavras relacionadas: emprego, indústria